segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Resta um


O ser humano vive em uma constante busca. Busca de metades que completem lacunas, principalmente lacunas amorosas, talvez mais conhecidas como feridas. Admito que essas buscas incessantes são muito importantes e que essa é a razão da vida, buscar algo - sempre - mas nós perdemos tanto tempo tentando achar respostas, metades perfeitas que acabamos esquecendo de observar os diamantes brutos, aqueles que podemos lapidar. Porque talvez, no final das contas, não haja metade da laranja ou o encaixe final do quebra cabeça. Talvez o jogo seja resta um e talvez as lacunas não possam ser preenchidas, talvez o final feliz será forever alone. A graça é a imperfeição, pois se ninguém é perfeito, porque as metades serão? E se a busca for só pra manter vivo? Manter trilhando o seu próprio rumo? Vivemos tentando preencher esses vazios e acabamos perdendo mais pedaços no meio do caminho, pedaços que depois tentaremos preencher de novo e sucessivamente não conseguiremos. A vida é um jogo de montar onde as peças se perdem no durante. O jogo onde os adversários são também amigos e que também mudam, e nesse ritual de mudanças nós também devemos mudar, nos adaptar. Aceitar. Aceitar que nem todos os buracos podem ser fechados e que nem todas as feridas serão cicatrizadas. E no final do jogo o vencedor não será aquele que acumulou mais peças e sim aquele que sobreviveu ao maior número de perdas.

22 comentários:

  1. Talvez a graça de tudo isso seja a imperfeição, pois se ninguém é perfeito, porque as metades serão?

    Disse TUDO ami! Se nem a gente é perfeito pq teimamos em achar alguém que seja? E realmente, no fim é nós e nós mesmo. Sem ngm 'Me myself and I'

    Lindo!

    ResponderExcluir
  2. o seu menor texto e o mais intenso, mais realista e devastador. serio lendo eu pensei como isso descreve perfeitamente a busca do ser humano por pessoas que sejam idealizadas. A vida é um jogo de montar onde as peças se perdem no durante.

    ResponderExcluir
  3. E no final do jogo o vencedor não será aquele que acumulou mais peças e sim aquele que sobreviveu ao maior número de perdas.

    Perfeitooo!!!
    Pq afinal,as perdas nos fortalecem e nos ensinam.

    ;*

    ResponderExcluir
  4. Primeiramente: também aprovo e adoro a mudança aqui no Is The Top. Muito mais a tua cara, a do blog. Quanto ao texto, a busca é o que nos move, nos faz tangir ideias e ideais, superar limites. Acho que tendemos a buscar no mundo, no outro, o que nos falta. É uma teoria que tenho há tempos já, e que ao meu ver, pratico. Será mesmo?
    Beijo, guria!

    ResponderExcluir
  5. As vezes não há vencedores a ser mostrados,
    somos apenas personagens...


    beijos!

    ResponderExcluir
  6. Cada vez tu estás escrevendo melhor. achei esse texto muito bom. e as buscas são realmente isso, e as peças que nos faltam nunca serão encontradas, e tudo faz parte do ciclo. ficou ótimo ótimo guria, adorei mesmo! :)
    "Vivemos tentando preencher esses vazios e acabamos perdendo mais pedaços no meio do caminho, pedaços que depois tentaremos preencher de novo e sucessivamente não conseguiremos. A vida é um jogo de montar onde as peças se perdem no durante. " ótimo! beijões

    ResponderExcluir
  7. Acredito que não devemos viver buscando dias melhores, mas sim transformando nossos dias em dignos de serem vividos. Afinal, ninguém fará isso por nós, já dizia Gandhi.

    Lindo post, garota, fique bem. Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Fui ver seu perfil e por coincidência vc seguia meu blog, não tinha te visto nos meus seguidores. E pensei. Como assim? Seu blog é tudo de LINDO *-* , sério.
    bjjs, voltarei (:

    ResponderExcluir
  9. "O jogo onde os adversários são também amigos e que também mudam, e nesse ritual de mudanças nós também devemos mudar, nos adaptar. Aceitar. Aceitar que nem todos os buracos podem ser fechados e que nem todas as feridas serão cicatrizadas."

    Me indentifiquei com essa parte. É preciso aceitar, nos adaptarmos as perdas e celebrarmos os ganhos e vitórias. A vida é uma constante e vai ser sempre assim.

    Amei! Beijos =*

    ResponderExcluir
  10. Lindo o texo, e muito intenso. Além de reflexivo, me deixou meio aérea aqui, hahaha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Buscamos, encontramos e depois queremos mais, nunca estamos satisfeitos. beijo

    ResponderExcluir
  12. "Vivemos tentando preencher esses vazios e acabamos perdendo mais pedaços no meio do caminho, pedaços que depois tentaremos preencher de novo e sucessivamente não conseguiremos." É exatamente isso. Quanto mais procuramos, mais perdemos. Ficou ótimo o texto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. 'A graça é a imperfeição, pois se ninguém é perfeito, porque as metades serão? '
    a mais pura realidade. simplesmente tocante seu texto. parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Adorei como você terminou o texto, completou tudo, de certa forma.

    ResponderExcluir
  15. Não sei se você já viu, mas estou passando aqui para avisar que o sorteio de 2 livros e 1 marcador está chegando ao fim!
    A promoção termina quando atingirmos 300 seguidores, e já temos 296!
    Corra! Ainda dá tempo de participar!
    O link é este: http://migre.me/3TLXi
    E fique de olho na Promoção de Carnaval que tem fim dia 27!
    Boa sorte! ;)

    ResponderExcluir
  16. Mas, o resta um é muito dificil sobrar só um. Geralmente ficam só dois... Bom, eu pelo menos nunca consegui! Huhu Adorei sua comparação! :D

    http://thaisacorrea.com/b/

    ResponderExcluir
  17. A gente tá sempre buscando alguma coisa. Mas como li certa vez, a gente entra nesse mundo sozinho e sai dele da mesma forma. O que conquistamos aqui, fica somente aqui. E na nossa lembrança.

    beijos, coração.

    ResponderExcluir
  18. "Vivemos tentando preencher esses vazios e acabamos perdendo mais pedaços no meio do caminho, pedaços que depois tentaremos preencher de novo e sucessivamente não conseguiremos."

    E acho que vai ser sempre assim, essa busca incanssavel pelo perfeito, pelo menos para a maioria. Mas temos que nos lembrar que o perfeito se encontra nos pequenos detalhes, nas pequenas coisas.

    Lindo texto flor!


    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Amei!
    Nunca tinha pensando por esse lado, mas é a pura verdade.

    ResponderExcluir
  20. Esse eterno vai-e-vem de pessoas na nossa vida, essa infinita gangorra de encontrar e perder, buscar e deixar ir, é o que o, de certa forma, movimenta nossa vida e nos impulsiona a seguir em frente.
    E, não tem jeito, é da natureza humana buscar sempre algo - e alguém - que ao menos dê a sensação de completude, ainda que temporária.

    beijos :*

    ResponderExcluir
  21. Nem as laranjas são perfeitas !!
    A parte mais dificil é ver que você nunca vai conseguir a perfeição, o ser humano acha que tudo deve ser perfeito, mas nada, nem a natureza é perfeita.

    beijos;**

    ResponderExcluir
  22. A cada palavra escrita nesse texto eu ia refletindo sobre o quão verdadeiras elas são.
    Adorei ;)

    :*

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre muito importante!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...